NFe Youtube - Coopercitrus Mapa do Site
18102016043844.jpg

Depoimentos

 “É até surpreendente, num momento que o país vive de crise, em que as pessoas baixam suas expectativas, reveem os projetos, quero cumprimentar o dinamismo que atestou a Coopercitrus, que é hoje a maior cooperativa de revenda de implementos e máquinas do Estado de São Paulo e faz um trabalho extraordinário, que se testemunha pelo número de empresas que estão presentes, pelo afluxo de público e por inovar quando ousa apresentar um conceito a mais. O próprio tema da feira, Soluções Integradas, tem muito a ver com o atual desafio que estamos vivendo na agricultura. Agora, falamos da integração de lavoura e pecuária, que a Coopercitrus tem sido pioneira em lançar também esse conceito e avançar nesse sentido. Um outro patamar que se caminha também, que é o fato de recolher a palha no campo, que antigamente era simplesmente deixada e ela passar a ser um instrumento importante tanto no quesito da cogeração de energia como de outras utilidades para o futuro. Nós estamos pensando de um cenário que, daqui a pouco, termos também um etanol produzido a partir da celulose. Um etanol de segunda geração e isso tem um valor muito significativo. É uma feira que tem dinamismo, uma boa presença e, com isso, reafirmamos a nossa convicção de que quem segura a peteca em época de crise é o setor agropecuário. Quem faz a diferença é o setor da agricultura no nosso país”, Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim.


"O campo de tecnologia é mais uma ferramenta que nós vamos ter que nos adaptar, porque o problema de custo e produtividade, abaixar, geralmente, a despesa é muito interessante. Com certeza essa dinâmica apresentada abre boas perspectivas para termos uma base, mais ou menos, pré-formada para que erremos o menos possível e foi muito interessante ver esse estande plantado e já com certas experiências vindo a realizar. A Coopercitrus mostrar esse tipo de serviço é muito importante, porque a união faz a força, e a cooperativa é, realmente, um ponto de apoio, um tendão de Aquiles da história antiga, porque ali eles fornecem não só técnicos já com certo gabarito, como também, nos dão todo o apoio em campo”, cooperado, Manoel Albino Marques Teixeira, Jaboticabal, SP.

 

"Uso todos os serviços e compro tudo o que preciso na Coopercitrus, principalmente máquinas e implementos. Não perco uma edição da Feacoop, todos os anos estou aqui. Aliás, estou assustado com os preços dessas ferramentas do Shopping Rural que estão muito baratas! Eu nem estava precisando de nada, mas vou aproveitar o preço e já vou levar várias coisas. Tenho dito que esta feira está melhor que a Agrishow, até mesmo por ser menor e mesmo assim oferece tudo o que precisamos, com as melhores condições", cooperado, Sérgio Aparecido Buzinaro, de Jaboticabal, SP

 

"Esta feira proporciona as melhores condições para nós cooperados, vale a pena se deslocar até aqui para comprar com excelentes preços e prazos, principalmente com essa alta do dólar, quem é cooperado da Coopercitrus se deu bem. Eu praticamente nasci na citricultura, por isso tem sido difícil ver essa crise pela qual o setor está passando, nesse sentido, a Feacoop vem para contribuir muito com os citricultores que precisam desse apoio mais do que nunca", cooperado citricultor José Orivaldo Lanza produz laranja há 40 anos na Fazenda Nova Esperança, em Batatais, SP

 

"A Ocesp agradece esta homenagem. Nesses 40 anos, tivemos a ajuda de várias pessoas  e uma delas é o saudoso Leopoldo Pinto Uchôa. Nesses 40 anos a Ocesp pôde contar com grandes cooperativas e a Coopercitrus é uma delas. É gratificante receber este reconhecimento. Obrigado pela lembrança, a Ocesp agradece em nome de todo o movimento cooperativista".
Américo Utumi


 

"Venho mais uma vez à FEACOOP e pela própria atuação do Banco do Brasil estamos acostumados a representá-lo em muitas feiras de agronegócio. Penso que todas elas têm sua importância, conforme seus objetivos, mas a FEACOOP é efetivamente um exemplo de organização. Nesta Feira, efetivamente, os negócios acontecem com facilidade, resultado da forma como a Coopercitrus organiza a FEACOOP, com uma sistemática de negociação que é pré-feira e se traduz, depois, no pós-feira e em negócios concretizados. O banco tem satisfação em ser parceiro da Coopercitrus. Essa satisfação vem não só dos muitos anos de parceria com a cooperativa, como por ser ela um modelo de gestão e sucesso"
Fernando Campos, superintendente estadual do Banco do Brasil


A FEACOOP, assim como a Coopercitrus, fazem parte da nossa existência. Nós, cooperados, somos atraídos por bons preços, produtos de excelente qualidade que nos trazem muitos benefícios. A FEACOOP é o momento mais esperado para nós, cooperados. O produtor rural não pode parar de investir, senão ele não cresce. E nós dependemos da FEACOOP para poder investir em nossa propriedade rural. O Balcão do Agronegócio, realizado antes da FEACOOP, foi uma excelente ideia e muito bem-vindo, pois em período anterior à Feira, se houver necessidade de adquirir produtos, temos a oportunidade de adquiri-los neste evento, com bons preços. Essa promoção alavanca  a Cooperativa e atende melhor o cooperado, objetivo  principal da Coopercitrus. Também a Valtra  age da mesma forma, aliás todos os  nossos tratores são desta marca, porque o atendimento é exemplar e não podemos deixar de prestigiar o que é nosso"
Paulo Roberto Joaquim dos Reis, produtor rural, pecuarista, citricultor e cultiva cana-de-açúcar, é  cooperado há cerca de 20 anos

 

"Venho todo ano à FEACOOP, é um bom negócio porque você conhece novidades e tecnologias e tem a opção de comprar produtos que realmente precisa por bons preços. É bom poder ver os equipamentos ao vivo, não gosto muito de decidir as compras por catálogos. A caminho da FEACOOP, no ônibus, vim conversando com o vendedor da Coopercitrus, o Davi, sobre minha intenção de adquirir um bebedouro para o gado e estou muito feliz de ter tido a sorte de ganhar R$ 1.000 no Vale Vantagens, é o valor exato do produto que eu ia adquirir. Foi uma economia e tanto".
José Antonio Aparecido Liberali, pecuarista e citricultor, da Fazenda Prainha, Santa Rita do Passa Quatro, SP

 

"Concorrer a brindes é uma satisfação, pois estamos aqui para comprar, ver novidades e ganhar algo é inesperado e sempre bem-vindo. Vim à FEACOOP fazer compras de máquinas, insumos e algumas novidades que estão sendo mostradas nesta feira, para melhorar o desempenho da nossa atividade. E ainda ganhei um presente!"
Shoiti Kamimura, de Jales, Sítio Sto. Antonio, cultiva legumes e citros

 

"Sou de Bebedouro, mas é a primeira vez que venho à FEACOOP. Já tinha ouvido falar muito bem da feira e estou gostando muito. Os preços estão excelentes, vale a pena um planejamento para fazer as compras nesta Feira. Estou comprando defensivos, fertilizante, inseticida e acaricida. E provavelmente também vou adquirir dois pulverizadores, um tanque para irrigação e uma carreta"
Antonio Carlos Iglesias, gerente da Fazenda Fitipaldi, do cooperado Emerson Fitipaldi, citricultor de Araraquara, SP

 

"Admiro muito a atuação da Coopercitrus. Conheci o trabalho da cooperativa quando recebi uma visita na minha fazenda, em Jales, e então começamos a trabalhar juntos. Temos que tirar o chapéu pra sua atuação. Costumo dizer que o pessoal da Coopercitrus deveria dirigir o país, aí, sim, consertava a nação. Pessoal honesto, batalhador. É o que nos faz acreditar que nem tudo está perdido. Este ano vim à FEACOOP comprar adubos, arames, defensivos e também para encontrar amigos".
Rubens de Assumpção, pecuarista na Ilha Solteira, SP. Proprietário da Fazenda Ana Joaquina de Almeida Prado

 

"Viemos todo ano para a FEACOOP com este mesmo grupo. É bom poder contar com a Coopercitrus quanto ao transporte até Bebedouro. Aqui sempre tem muita coisa de nosso interesse, em cada estande que passamos tem alguma coisa de que nosso grupo precisa. Acredito que o diferencial da FEACOOP são as condições para compras a vista, mas também é possível encontrar ótimas condições para compras a prazo ou através do crédito rural".
Sergio Kendi Endo, cooperado de Novo Horizonte, SP, morador de Guaimbê, SP. Produtor de frutas de mesa, como citros, goiaba, manga e caqui

 

"Venho a FEACOOP desde sua primeira edição. É uma excelente oportunidade de todos os produtores fazerem suas compras, a gente já vem aqui sabendo o que vamos gastar. E aproveito essa oportunidade de comprar produtos que normalmente as feiras colocam num preço bem acessível, para a gente já não antecipar um fluxo de caixa que tem que ter durante um ano inteiro. Por isso, costumo comprar muito adubo aqui. Como sou produtor de café é uma oportunidade muito grande para trocar produto via café. Então a feira dá várias oportunidades, tanto em dinheiro, quanto em espécie, no caso, café, soja. Sempre começo minhas compras a partir da feira. Espero a feira acontecer e depois é que começo a tocar tudo. É um tempo que dá para você separar para ver o que vai acontecer no futuro em relação aos seus negócios. Então, a partir da feira, a gente continua os nossos negócios de compras em outros setores. Hoje comprei muito adubo, acaricida, inseticida, tudo o que é da parte do campo nós acabamos comprando quase tudo. Ainda, como eu cheguei agora, estou indo na parte de maquinário, porque aqui tem juros muito bons, os bancos já estão aqui para aprovar a linha do crédito, o que agiliza os negócios. Aqui o cooperado pode escolher o que for mais vantajoso nesse momento, a feira nos dá essa oportunidade".
Ricardo Cester Arroyo, engenheiro agrônomo, da Fazenda Tamburiú, Barretos, SP, citricultor e cafeicultor

 

"Temos orgulho de fazer parte da história  da Cooperativa. Para todos os que vivem da agricultura é um privilégio ter a Coopercitrus em Bebedouro. A cooperativa distingue-se por balizar preço de insumos, máquinas e equipamentos.
Ela tem sua margem de venda, é lógico, para poder viver e crescer e mesmo assim, quando repassa os preços aos cooperados, são muito justos. Isso traz um parâmetro para o setor.  É um trabalho fantástico. Temos muita confiança na diretoria e nos seus excelentes funcionários.
A FEACOOP é magnífica, uma organização impecável. Um cuidado e carinho em todos os detalhes, na limpeza, flores em todos os cantos, e isso se reflete no êxito do evento. A dedicação dos organizadores é fantástica, eu os conheço de perto, fazem de tudo para apresentar o melhor. Eles têm conseguido, com isso, que, a cada ano, a Feira se supere.
O sucesso de uma feira depende muito do momento econômico. E o cenário econômico está um pouco melhor".
Antonio Campanelli, pecuarista e produtor de cana-de-açúcar, proprietário da Agro Pastoril Paschoal Campanelli, de Bebedouro

 

"A FEACOOP tem um caráter comercial importante no faturamento das máquinas e  produtos agrícolas e é uma vitrine de todos os segmentos da cadeia produtiva para os nossos produtores poderem se organizar e estarem atentos a todas as inovações que surgem.
O tema escolhido pela Coopercitrus este ano é muito pertinente. Considerar que devemos manejar corretamente os recursos naturais, contaminar o menos possível o meio ambiente, resgatar o máximo de carbono para diminuir o efeito estufa que está esquentando o planeta e criando esses problemas climáticos e ambientais, essas preocupações deverão estar cada vez mais presentes nas decisões dos nossos estudos, nossos cientistas e espero também que dos nossos políticos".
Duarte Nogueira, produtor e secretário da agricultura do Estado de São Paulo

 

"Sempre é bom aprimorar nossos conhecimentos, porque a gente não sabe tudo. Esta atividade foi muito enriquecedora no sentido de buscar novos conhecimentos. O grupo que conheci é fantástico, aproveitei para transmitir minha experiência de 24 anos a frente de um Sindicato Rural. Meu objetivo, pessoalmente, é buscar informações para aumentar os meus conhecimentos e transmitir isso para as mulheres. Eu achei muito importante esse papel da Coopercitrus para a mulher. É o terceiro ano que venho à FEACOOP e achei esse ano o mais interessante porque vi que o objetivo do grupo lá é integrar a mulher, é interagir a mulher no agronegócio. É muito importante o papel da mulher junto ao seu marido na atividade agrícola, ela tem que participar, conquistar esse espaço junto ao homem. Além disso, isso as valoriza perante seu marido"
Elizabete Dias, economista e presidente do Sindicato Rural de Prata, MG
 

 

Apresentação Coopercitrus

Institucional

Lojas de Conveniência

Postos de Combustíveis

Shopping Rural

Insumos/grãos

Máquinas Agrícolas

Revista Agropecuária

Trabalhe Conosco

Códigos e Estatuto

Filiais

Feiras

FEACOOP

Agrishow

Balcão do Agronegócio

Classificados

Usados

Imóveis

A Venda

Em Licitação

Revista

Notícias

Sustentabilidade

Ação Social Cooperada

Campo Limpo

Central de Embalagens Vazias de Agrotóxico

Certificação de Café e o 4 C

Natal da solidariedade

TrendIT's Desenvolvimento de Websites
Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais - Telefone: (17) 3344-3000
Praça Barão do Rio Branco, nº 9, Centro - CEP: 14.700-129- Bebedouro, SP

Coopercitrus 2017 - Todos os direitos reservados